terça-feira, 2 de novembro de 2010


Querido, escrevo-te para te dizer que nem penso mais em você. 
Não vou dizer nessa carta que eu amo você e que te quero mais que tudo.
Estou escrevendo somente para te mostrar que superei, superei.
Para dizer que acabou toda a dor inacabável que você deixou em meu peito.
Não precisa mais voltar para mim quando perceber que eu sou a única que posso te amar verdadeiramente e fielmente. A única que vai te esperar até o fim.
Joguei fora todas as lembranças de amor, todas. Nem consigo me lembrar da primeira vez que nos beijamos ou quando você disse que estava completamente apaixonado e que precisava de outro coração pois o seu já era meu.
Não tenho mais esperança em nós, acabou tudo. 
Mudei muito meu querido, muito. Não minto, não choro, não sofro, não me iludo, não me contradigo.
Mas, se um dia você perceber que eu sou a única que posso te amar verdadeiramente e fielmente, volte. Saiba que eu ainda penso em você e que te quero mais que tudo. Aquela dor inacabável espera você para acabar. Ainda guardo todas as lembranças de amor, guardo junto com as esperança que tenho de sermos um só novamente.

com carinho, Ana Eliza.

2 comentários:

  1. '

    É amiga, e acho que não deixarei de sentir isso tão cedo (...)

    ResponderExcluir